Have an account?

quarta-feira, dezembro 23, 2009

Vá com Deus!

E mais um ano que se acaba...
e esse ano falo com a boca cheia :
Vá com Deus!

O ano do capeta, Creeeedo!
Que vá, e vá logo!
Desgraça atraz de desgraça... no inicio ao fim!
brigas, desemprego, falta de dinheiro, traição.
Esse ano teve de tudo, e eu ja to se saco cheio desse ano.

2009 vai p/ o Inferno.
E que venha 2010, que eu tenho certeza que vai ser bem melhor. o/

Pra todos, Boas Festas!

terça-feira, dezembro 08, 2009

Votos contra a criminalização da homofobia foram maioria


A posição contrária à lei que penaliza a homofobia foi maioria na enquete feita pelo Senado Federal em novembro.

A votação foi encerrada dia 30 de novembro. Oficialmente, 51,54% disseram não à aprovação da idéia e 48,46% disseram sim. Foram 465.326 votos, o maior número registrado pelo Senado neste ano nas suas enquetes mensais.

A Agência Senado frisa que as enquetes pela internet não utilizam métodos científicos, apenas colocam os temas em debate.

Em 2008 foi realizada uma pesquisa a respeito do tema pelo Senado, essa sim com métodos científicos, e nesse caso, 70% dos entrevistados foram favoráveis ao projeto que criminaliza a homofobia .

A pesquisa foi realizada por meio de telefone entre os dias 6 e 16 de junho do ano passado, entrevistou 1.122 pessoas maiores de 16 anos, com acesso a telefone fixo e residentes em capitais brasileiras. A maioria dos entrevistados é do sexo feminino (54%), reside na região Sudeste (48%), possui o nível médio (51%), está na faixa etária entre 20 e 29 anos (24%) e tem renda familiar entre dois e cinco salários mínimos.

De acordo com a pesquisa, a região Sul foi a que apresentou o maior índice de concordância com a proposta (73%), entre pessoas com nível superior (78%) e idade entre 16 e 29 anos (76%). Já os menores índices de concordância foram registrado na região Centro-Oeste (55%), entre os que cursaram até a quarta série do ensino fundamental (55%) e pessoas com mais de 30 anos (67%).

Quanto à enquete desde ano, o resultado foi muito mais apertado e a diferença para os dados científicos são gritantes.

A enquete foi vítima de ataque de hackers, nos primeiros 90 minutos de funcionamento foram contabilizados 250 mil votos, com maioria esmagadora sendo contra a aprovação.

“Não podemos dizer que em nossa sociedade tem democracia plena se não garantirmos direitos iguais para todos. Principalmente a população LGBT, hoje, está vivenciando aquele preconceito que enfrentamos quando se discutiu a questão do racismo. Se formos ver, o mesmo setor que antes dizia que o país não era racista é o mesmo que diz que o Brasil não é homofóbico e que não precisa de legislação específica”, defende Fátima Cleide (PT-RO), senadora e relatora do projeto de criminalização da homofobia.

Criminalização da homofobia

Você é a favor do PLC 122/06, que torna crime o preconceito contra homossexuais?

Período: 01/11/2009 a 30/11/2009
Número de votos: 465.326

enquete7

terça-feira, dezembro 01, 2009

Dois Anos.

Baby, tanto há a aprender
Meu colo alimenta você e há mim
Deixa eu mimar você, adorar você
Agora só agora

Porquê um dia eu sei
Vou ter que deixar-lo ir

Sabe serei seu lar se quizer
Sem pressa do jeito que tem que ser
O que mais posso fazer
Só te olhar dormir

Agora só agora
Correndo pelo canto
Antes de deixa-lo ir

Muda a estação
Necessário e são
Você a florescer
Calmamente, lindamente

Mesmo quando eu não mais estiver
Lembre que me ouviu dizer
O quando me importei
E o que eu senti

Agora só agora
Talvez você perceba
Que eu nunca vou deixá-lo ir

voce me mandou essa musica, agora eu mando pra voce.
eu te amo, meo amor. Eu te amo há dois anos e vou te amar pra sempre.

segunda-feira, novembro 30, 2009

Lei contra a homofobia

por Del, Editora do Site

A enquete está para ser encerrada, faça sua parte!

Como a maioria já sabe, há vários dias está no ar no site do senado a enquete sobre ser a favor da lei que pune a homofobia como crime no Brasil. No momento o sim vence com 52% e isso é ótimo.

Ela está para ser encerrada, pois foi dito que ela duraria até o final de Novembro. Vários religiosos completamente ignorantes sobre o que é ser homossexual estão fazendo campanhas para votarem contra, taxando a postura dos homossexuais a favor de “gayzismo” (comparando ao nazismo), portanto continuem votando o máximo possível.

Se todo gay, lésbica, simpatizante, fizer sua parte, temos como vencer esta pequena batalha.

Esta é uma forma de mostrar aos políticos o como a aprovação desta lei é importante, então, convoque todas as amigas, todos os parentes, todo mundo que você sabe que tem um mínimo de consciência, o mínimo de compaixão, o mínimo de bom senso e peça para votarem o máximo que puderem.

Acesse agora o site do Senado clicando aqui.

Desça a página e procure no lado direito pela opção: Enquete e vote em SIM e digite o número de confirmação, que significa que você é a favor da aprovação da lei.

Não podemos deixar a homofobia vencer mais esta!

Vote, divulgue e LUTE, porque isso sim é um verdadeiro problema SEU e de todas nós.

Obs: Para votar mais de uma vez, basta limpar os cookies do seu navegador e recarregar a página novamente.


Fonte: Parada Lésbica.


-> por favor... quem acredita, que sofre... vamo vota!

sábado, outubro 31, 2009

The book

DVD da última temporada é lançado nas lojas dos EUA. Com direito a fotos de Jennifer Beals nos extras
Esta semana chegou às lojas dos Estados Unidos o box da 6ª temporada de “The L Word”.
Um dos destaques do material extra do DVD são fotos dos bastidores da série clicadas pela atriz Jennifer Beals (Bette), que apelidou o trabalho de “jornal fotográfico”.
As imagens registram o elenco e a equipe da série em momentos descontraídos nos sets de gravação desde a primeira temporada.
Os roteiros guardados por Beals devem virar um livro, ainda sem previsão de lançamento.
Todo o dinheiro arrecadado com a venda do livro será doado à “Fundação Matthew Sherpard”, que luta contra a homofobia (a história da fundação é muito bem contada nesse link, para quem se interessar); e também à “I Live Here Foundation” (da atriz Mia Kirshner, sem fins lucrativos dedicada a contar histórias das pessoas silenciadas e inaudíveis, como constam em seu livro, através de vários projetos).

" Durante os seis anos estávamos filmando The L Word, eu tinha um diário fotográfico do elenco e equipe, nascido de um profundo desejo de criar um baluarte contra a minha rápida erosão da memória. Foi uma época da minha vida eu estava ansioso para preservar: Eu queria lembrar o elenco, a readthrus, os jantares, os ensaios - tudo. Tirei fotos e salvou minha scripts, callsheets e memorandos e organizada todos os anos. Eu usei-os como referência para as estações do ano mudou-se, mas sinceramente eu tinha para eles, porque eu sabia que iria ficar um chute para fora de olhar para eles como o ano passado. Principalmente, eu queria lembrar a alegria, porque não importa onde o enredo foi, sempre conseguiu se divertir.

Anos atrás, eu comecei uma tradição de fazer de fazer um livro de fotografia, para dar de presente para o elenco ea equipe, depois de concluir os projetos que estavam próximos e queridos ao meu coração. Quando comecei a trabalhar no meu elenco e actual tripulação de The L Word, eu percebi que não seria como os outros. The L Word foi sobre o poder de contar histórias. E era particularmente original, porque havia duas correntes de histórias a ser contada. É evidente que nós estávamos dizendo suas histórias, mas de alguma maneira que estávamos contando nossas histórias - a história de um grupo de colegas que se tornaram amigos quando se esforçando para fazer algo de valor. Em algum lugar ao longo da linha havia uma espécie de convergência. Em algum lugar debaixo do tramas de The L Word corria nossas próprias histórias de amizade e de luta. Estas fotografias evocam os laços várias batalhas e nós, como um elenco resistiu.

The L Word como uma série era, em sua essência, sobre a comunidade e que jogou fora nos bastidores como o elenco formado sua própria comunidade. Mas a série também era sobre todos vocês que fizeram a nossa jornada coletiva possível. É por isso que eu queria fazer o livro disponível para os fãs da série.

Atenciosamente,
Jennifer Beals "

quinta-feira, outubro 15, 2009

11 coisas que aprendi assistindo filmes pornô lésbicos

por Rapha em Scarpin, Malbeq, Maquiagem e Pochete

1) Uma vez usando a cinta, o dildo é acoplado ao seu corpo, tornando-se uma extensão do mesmo e por isso a pessoa que o usa sente IMENSO prazer em receber um “boquete” na ex-prótese, atual pinto.

2) 90% da população lésbica é composta por loiras-peitudas-fogosas.

3) Não importa o quão longa, purpurinada e pintada suas unhas sejam: elas NUNCA, nunquinha vão machucar na hora H.

4) Clitóris, mamilos e todas as extremidades ditas “sensíveis” do corpo não passam de sacos de pancada, manuseie com o máximo de descaso e força que conseguir.

5) É falta de educação fazer sexo sem sapato. Quanto maior o salto, mais transparente, mais purpurinado, melhor!

6) Ao ser penetrada toda lésbica deve gemer “Oh yeah” e continuar a recitar este mantra, porque é apenas através dele que ela alcançará o orgasmo. Variações para “Oh fuck, oh yeah fuck me” também são aceitas.

7) Toda lésbica é uma bi enrustida. É ok para um cara se meter no meio (literalmente) de uma transa entre lésbicas: elas vão adorar!

8) Cuspir nos órgãos sequissuais quando fazendo sexo oral é totalmente aceitável, lésbicas ADORAM uma boa cuspida na perseguida.

9) As lésbicas se beijam com a língua de fora pra PROVAR que beijam de língua sim!

10) Sofás, por mais desconfortáveis que pareçam, são SEMPRE melhores do que uma cama. Aliás… Tapetes, toalhinhas de pic-nic, debaixo do coqueiro da praia, no consultório ginecológicos, todo lugar é lugar para acontecer uma transa lésbica (menos uma cama).

11) Tendo SEMPRE o item 10 em mente, todas as lésbicas andam SEMPRE super depiladas. Afinal nunca sabem quando vão engajar-se em uma luta de aranha.

obs.: essa eu tive que postar. ;)

segunda-feira, setembro 21, 2009

Novidade no Seu Guei.

Galere,
estou com ideias novas...
como ja disse e ja me desculpei, to sem net e ta foda pra posta...
mas estive com algumas ideias e quero aprovação das sapatas, ok?

to querendo fazer camisetas.
é isso mesmo...
fazendo uma propageishow do meu bloguet ;D
vai ser bem basico.
tipo, conta a homofobia, com a bandeira e bla bla bla.

bom, ainda estou tendo ideias, quem quizer me mandar um desenho ou me falar algum lugar que faz baratinho eu agradeço.
logo menos eu posto os desenho pra vcs escolherem, ok?

beeessos.

sábado, setembro 19, 2009

“Matar homossexual virou diversão”

Levantamento da ONG Conexão G, e divulgado pelo site O Dia Online, revela que todos os dias pelo menos um homossexual é agredido nas comunidades carentes da Rio de Janeiro.

Pesquisa feita pelo Grupo Gay da Bahia mostra que o número de assassinatos de homossexuais cresceu 55% no País entre 2007 e 2008, quando foram identificados 190 casos, média de mais de um a cada dois dias. Doze deles no Rio. Presidente do Grupo Conexão G, Gilmar Santos alerta que este número pode ser ainda maior. “A opressão contra os homossexuais nas favelas vem aumentando a cada dia. Nas pesquisas de campo a gente descobre que a maioria dos casos não é registrada. E, mesmo quando as vítimas resolvem procurar a polícia, muitos preferem não revelar sua orientação sexual por temer mais violência”, explica.

Os países que seguem o Brasil nessa tabela são o México, que registrou 35 casos ano passado, e Estados Unidos, com 25. Números muito menores que os do Brasil.

Na Favela do Timbau, na Maré, a homofobia também vem marcando a vida dos homossexuais. Nascido e criado na comunidade, o travesti Marcela Soares, 40 anos, conta que já perdeu muitas amigas torturadas e assassinadas só por serem homo.

“Isso já está se tornando comum nas favelas. E a gente não pode fazer nada senão morre também”, lamenta Marcela, que admite sofrer com o preconceito. “A gente se sente humilhada, afinal também somos humanos como os heterossexuais e exigimos respeito”, desabafa Marcela.

O presidente do Grupo Gay da Bahia, Marcelo Cerqueira, ameaça denunciar o governo brasileiro à Organização das Nações Unidas e à Comissão Interamericana de Direitos Humanos, da Organização dos Estados Americanos.

“Bater e matar homossexual já virou entretenimento popular nas favelas. Mas não vamos ficar assistindo a esse ‘homocausto’ (holocausto de homossexuais) de braços cruzados. Já que não temos força política para brigar por nossos direitos, esta é uma maneira de tentar nos proteger dessa violência”, explica Marcelo.

A matéria pode ser vista na íntegra no site O Dia Online

fonte: Parada Lésbica.

-> Muitas pessoas dizem que combater a homofobia é quase impossivel. Que são muitos contra poucos.
Sim, isso é infelizmente um fato.
E confesso que por pensar muito assim eu mesma nao fazia nada, achando que nao poderia adiantar de nada.
Mas esses dias ouvi um comentario da Tammy Miranda que me fez pensar muito.
Antigamente mulher não se votava, antigamente negros eram escravos. E hoje isso mudou.
Com o tempo tudo pode mudar. Demora, e muito.
nao é a toa que tem mulher que ainda é tratada como "sexo fragil" e o racismo, mas a pior parte ja passou.
Realmente nao podemos fazer nada de imediato, mas devemos esperar e lutar, ano apos ano.
Eu sinto, realmente, pelo Brasil ser um pais tão homofobico, e o que eu posso fazer é escrever no meu blog e pelo desabafar, e pedir a voces que fiquemos fortes pra aguentar ate um dia que seremos tratados como igual, perante a sociedade e a Deus.

obs.: gente, desculpe a falta de post. Ta foda de tempo!

quarta-feira, agosto 26, 2009

Descul´pe!

AVISO!

Estou sem internet, sem telefone, sem porra de tecnologia nenhuma.
Desculpe o transtorno, mas minhas atualizaçoes do blog vão ser adiadas ate proximo contato com um computador com internet (o que ta sendo muito, mais muito, raro!)

um bjo a todas as minha sapatinhas, e bjos. ;)

segunda-feira, agosto 10, 2009

Apenas uma homenagem.


Um dia na serra, em outra cidade, com novos amigos,
elas me fizeram sorrir com vontade.
E olhando p/ um fusca bege na rua, hoje sorri de saudade.

- Ana, Dai, Fá, Lays. (saudade, meninas *-*)

sexta-feira, agosto 07, 2009

é T.O.S.C.O. mesmo...

Vi esse video no T.O.S.C.O. e me emocionei.



" eu mereço mesmo ", ahhh eu mereço!

quinta-feira, julho 30, 2009

WTF?????? O.O


éé, esse é nosso querido Harry Potter.
da pra acreditar? ele com aquela Hermione do lado... vai e pega o apresentador!
fala serio!
iiiiieecth!

Familia.

a familia!
ahhh, coisa linda e tão querida,
pessoas que estão sempre te ajudando, te dando apoio, te respeitando e acima de tudo te amam de qualquer jeito!
*____*

ta, to sendo ironica!
to estressada com uma tal situação aqui de casa.
Olha, gosto da minha familia (obvio) mas pra mim, me desculpem, familia qto mais longe...melhor!
Acho qdo sair de casa so volto no Natal pra dar "Feliz Natal" e so...
eu não sou uma pessoa má e desnaturada, so nao tenho paciencia pra familia.
So isso...
Acontece que agora me primo meio que veio "morar" aqui.
Meo, eu gosto mto dele, ele é um amor...
mas porra, querendo ou não, a gente perde a privacidade dentro de casa!
e outra que o banheiro que a CASA INTEIRA ta usando é o do MEU quarto, entao... privacidade ZERO!
Chego do meu trabalho e a unica coisa que eu quero é deitar no meu sofa e ficar ali cogilando em qto assisto Senhora do Destino, e SOZINHA!
preciso desse espaço!
ficar sozinha as vezes é necessario. E nesta casa so me sinto realmente bem qdo estou cmg msm!
Me desculpe mais ou vez, podem me chamar do que quizer... mas as pessoas da minha casa me deixam com dor de cabeça e em um stress incontrolavel.
e sinceramente, minha prioridade, agora que to trabalhando (graças a Deus!!!), é sair daqui!
e ter meu espaço, minha privacidade.
é poder sair e saber que vo chega e minhas coisas vao estar no lugar que eu deixei. Sem pelos pubianos dos homens da casa espalhado pelo meu banheiro, sem quarto molhado, sem cama fedida de cachorro, sem mãe com cara feia e me pedindo dinheiro...
so quero um pouco de sussego,
ter minha casa, meu espaço,
PRIVACIDADE!

terça-feira, julho 28, 2009

Twitter com cores do arco-íris


Na semana que passou, lançamos no Twitter uma campanha de apóio para ‘Não Homofobia!’, e de repente, o Twitter ficou todo colorido com o arco-íris.

Foi utilizado do aplicativo Twibbon, que permite carimbar seu avatar com o logotipo da sua campanha, alias, maior ‘hype’ na rede.

A campanha foi colocada no ar na tarde do dia 20 sem muita pretensão, já que se imaginava que proporcionalmente o número de LGBTs e de simpatizantes no Twitter fosse pequeno. Ledo engano.

Dois dias depois, de forma espontânea, a jornalista e apresentadora @rosana Hermann aderiu à campanha. Pronto, ai estourou de vez. Um mundo de twitters coloridos começaram a pipocar.

Desde então a campanha Não Homofobia – PLC 122/06 se mantém no trending do Twibbon, aparecendo também como uma das dez mais apoiadas e em primeiro lugar entre as campanhas brasileiras, ganhando da campanha “#ForaSarney”.

O interessante foi ver a reação das pessoas em algumas ‘tuitadas’. Muitos LGBTs se mantiveram fora da campanha, talvez por não gostarem de participarem de campanhas do tipo ou porque não quiseram se expor mesmo, já que acham que o avatar com arco-íris poderia denuncia-lo a sua rede como gay. Não importa, é da escolha de cada um, ninguém deve ser obrigado a fazer nada que não queira.

Tinhamos também alguns heteros que se diziam simpatizantes com a campanha, não carimbaram seus avatares mas ‘retuitaram’ para sua rede. Novamente entendemos, mas agradecemos.

E do outro lado, heteros que simpatizaram e vestiram a camisa, literalmente. Como foi o caso da própria @rosana e do cantor @Ticostacruz, do Detonautas.

E ai, o que temos comentar são as reações de muitos seguidores deles que os indagavam o por quê estavam com ‘cores gays’ nos seus avatares, fato refletido em inúmeros outros twitters simpatizantes.

E, infelizmente, não faltou os que faziam chacota e comentários homofóbicos. O próprio @Ticostacruz comentou num outro tweet que “tem gente que acha que chamar o outro de Gay é ofensa. Patético“.

Pontos para ele e os demais simpatizantes, nossos agradecimentos. Alias, parabéns para todos, deixando a mensagem contra a homofobia acesa na web e demostrar que um mundo de alegria, amor e respeito é possível com a colaboração de todos.

E agora é um bom momento, já que você chegou até aqui, para apoiar a campanha. Primeiro indo lá no http://www.naohomofobia.com.br e assinar seu abaixo-assinado e depois aqui, para colocar seu arco-íris no seu Twitter.

Fonte: Gay.com

-> meu twitter, sigam-me os bons (quer dizer, as boas... (6)³ )

domingo, julho 26, 2009

Cientistas acham forma de mulheres produzirem esperma


Tecnologia de transformação de ossos femininos em esperma está sendo desenvolvida na Inglaterra.

O dia em que a Ciência virou o ‘pai’ de nossos filhos: cientistas da Universidade de Newcastle upon Tyne, Inglaterra, alegam que em dois anos serão capazes de produzir esperma a partir da medula óssea das mulheres.

Essa descoberta traria uma possibilidade muito sonhada: a de casais lésbicos terem filhos que são biologicamente seus.

Ademais, a comunidade LGBT por completo tem todas as razões para comemorar esse avanço, uma vez que casais de homens gays também podem usar a técnica para criar óvulos a partir da medula óssea masculina.

Além disso, essa técnica abriria caminho para novas formas de tratamento para a infertilidade.

Alguns críticos já alertam para as mudanças que essa descoberta acarretará, uma vez que isso eliminaria por completo o papel biológico do homem na criação de um bebê e geraria crianças por métodos inteiramente artificiais.

Aqui no Brasil, pesquisadores do Instituto Butantan alegam já terem conseguido transformar células-tronco de um rato macho em tanto esperma como óvulos - as células-tronco são as ‘células-mãe’ do corpo humano, e podem ser transformadas em quaisquer outras células.

A ‘morte do pai’ no papel de criação de um bebê, na realidade, parece ser o nascimento de novos caminhos para criar vida, fazendo com que a estrura familiar se adapte às novas necessidades dos dias atuais.

Para nós, lésbicas, essa descoberta alimenta o sonho de filhos que possam ter as características físicas das duas mães em questão. É com certeza tempo de acreditar que o futuro nos trará coisas boas e que as leis serão obrigadas a acompanhar os avanços da ciência.

Fonte: Parada Lésbica.

Nova lei de adoção dá vez para casais gays

Nova lei aprovada no Senado, pode dar a vez para casais gays.

Na última quarta-feira, 15/07, foi aprovado no Senado a nova Lei Nacional de Adoção, na qual poderá dar aos casais homossexuais o direito de adotarem crianças.

Segundo o jornal “O Estado de São Paulo”, o projeto que agora aguarda a sanção do presidente Lula, não impõe qualquer restrição para casais do mesmo sexo, e de acordo com os senadores, cabe aos juízes avaliarem cada caso singularmente.

A nova lei ainda estabelece o conceito de família extensa, ou seja, a criança poderá ficar com avós, tios, parentes próximos no geral. Também reduzirá o tempo de permanência das crianças nos abrigos - que deverá ser no máximo de 2 anos - e a desburocratização do processo de adoção, o unificando em todo o território brasileiro.

Para poder entrar com um processo de adoção, os interessados deverão ter mais do que 18 anos, independentemente do estado civil, e caso seja uma adoção conjunta, devem ser casados civilmente ou estarem em uma união estável.

O texto aprovado substitui um projeto da Câmara (nº 314/04) da senadora Patrícia Saboya (PDT-CE). O senador Aloizio Mercadante (PT-SP) foi quem o relatou.

Fonte:Parada Lésbica.

Padrão de beleza lés.


Pesquisa mostra que mulheres lésbicas se sentem menos pressionadas a seguir padrão de beleza.

Um estudo recente realizado pela Sociedade Britânica de Psicologia descobriu que as mulheres heterossexuais e bissexuais sentem maior pressão em conseguir um “corpo perfeito” do que as homossexuais.

A pesquisa utilizou uma amostra de 472 mulheres - 119 lésbicas, 89 bissexuais e 264 heterossexuais -, que responderam a questionários sobre aparência, satisfação com o corpo e distúrbios alimentares.

O resultado mostrou que as lésbicas sentem menos pressão para se adequar aos padrões sociais de aparência. No entanto, todas as três categorias de estudo mostraram o mesmo nível de pressão no que se refere à satisfação com o corpo e às questões alimentares.

Caroline Huxley, da Universidade de West England, que conduziu a pesquisa, classificou o resultado como “surpreendente”. “As mulheres heterossexuais se mostraram mais afetadas pela mídia, mais conscientes da pressão social pela aparência e internalizaram ideais de atratividade em maior grau que as mulheres homossexuais”, disse Huxley.

Huxley explicou os resultados dizendo que enquanto a pressão sentida pelas heterossexuais afetam sua aparência e hábitos alimentares, as lésbicas sentem pressões diferentes que impactam de maneira similar o modo como vêem o próprio corpo, resultando em níveis similares aos apresentados pelas outras participantes da pesquisa.


Fonte: Parada Lésbica.

Aiiiii essa Bella...

sem comentários.

Paradas: orgulho gay?

A maioria das paradas acaba tornando-se grandes festas, não se parecendo em nada com o motim de Stonewall

Passado o 28 de junho, as principais cidades do país e do mundo param para dar lugar à cidadania de homossexuais, bissexuais, travestis e transgêneros, que saem às ruas demonstrando seu orgulho. Bonito, né? O problema é que a história não é bem assim. A visibilidade que nos é dada em um dia não se reproduz nos outros 364 dias do ano e, passado o “carnaval”, continuamos a ser discriminados, desrespeitados, agredidos, mortos.

Não estou fazendo uma crítica às paradas em si, mas sim à despolitização que se percebe nelas. Acabam tornando-se grandes festas, não se parecendo em nada com o motim de Stonewall*.

Claro que não há problema algum na realização de grandes festas ao ar livre onde todos possam viver sua sexualidade e mostrar ao mundo seu orgulho em ser diferente, o fato é que esse tal orgulho nem sempre existe. Um exemplo disso é quando alguém é agredido na parada, como ocorreu em São Paulo, e não quer registrar ocorrência na polícia para não se expor. Podem chamar-me chata, mas não creio que o verdadeiro orgulho sirva apenas para festejar e sucumba frente a um policial.

Creio que o fato de o Brasil sediar algumas das maiores Paradas do mundo, e de elas serem realizadas em tantas cidades é uma grande conquista, mas esses dias devem ser - também - dias de luta, não apenas de festa, para que nosso país, além de ter as maiores paradas, deixe de ter uma das legislações mais atrasadas do mundo ocidental em relação aos direitos humanos dos GLBTs.

*Stonewall-Inn era um bar freqüentado por GLBTs, em Nova Iorque, que pagava propina à polícia para funcionar. Na noite de 28 de junho de 1969 a polícia, mais uma vez, invadiu o bar alegando falta de licença para a venda de bebidas. Todos os travestis que lá estavam foram presos.

Teria sido apenas mais uma noite de prisões em Stonewall, mas alguns freqüentadores do bar resolveram resistir e enfrentar os policiais, em solidariedade aos presos. A guerrilha estava armada: policiais de um lado, gays e lésbicas do outro, e travestis na viatura. Garrafas, latas e moedas voavam sobre os policiais que, quando viram a multidão enfurecida, se refugiaram dentro do próprio Stonewall. Enquanto os homossexuais começaram a, literalmente, atear fogo ao bar. Ameaçados, os policiais apontaram extintores e mangueiras, mandando água em direção à multidão furiosa. Logo depois chegaram reforços policiais que tentaram dispersar o grupo rebelde. Mas de nada adiantou: o pessoal não saiu dali e voltou a se agrupar para vaiar a polícia atirando pedras, tijolos, garrafas e pondo fogo nas latas de lixo. Quando finalmente conseguiu acalmar a situação, a polícia voltou para a esquadra com um saldo de 13 presos.

No dia seguinte, os policiais voltaram ao bar. Mas a multidão de gays, lésbicas e travestis também voltou mais organizada, com uma atitude mais política, e alguns começaram a pichar frases nas vitrines e nas paredes, reclamando direitos iguais. Outros gritavam exigindo o fim das rusgas nos bares gays. Novamente a multidão atirou pedras e garrafas em direção aos policiais e mais uma vez a polícia investiu contra os manifestantes.

Os homossexuais contaram com a solidariedade dos habitantes locais e tudo só acabou com a decisão do Presidente da Câmara de acabar com a violência policial.
No terceiro dia, um domingo, as coisas pareciam ter voltado ao normal e o bar Stonewall foi reaberto. Os seus clientes habituais voltaram, a polícia deixou-os em paz por um tempo e os jornais acabaram por se ocupar de outros assuntos.

Mas na verdade tudo havia mudado. A partir daquele dia, aqueles gays, lésbicas e travestis perceberam que nunca iriam ser aceitos pela sociedade se ficassem apenas à espera e a depender da boa vontade da sociedade. A rebelião mostrou que a atitude que deveria ser tomada era a do enfrentamento. O discurso mudou. Nada mais de pedir para ser aceito: era preciso exigir respeito.

Fonte: Parada Lésbica.

quinta-feira, julho 23, 2009

Jim Carrey dá show no novo trailer de Eu te Amo, Phillip Morris

I Love you Phillip Morris, controversa comédia estrelada por Jim Carrey, Ewan McGregor e Rodrigo Santoro, ganhou mais um trailer. A prévia francesa é a melhor até aqui: serve aos devotos do humor físico de Carrey, aos fãs de Santoro... Confira:


Carrey vive Steven Russell, ex-oficial de polícia, pai de família, que ficou famoso por escapar da prisão no Texas quatro vezes - uma delas, fingindo por meses estar doente de AIDS e forjando o próprio atestado de óbito. Fora da prisão, Russell conseguiu - por duas vezes - virar diretor financeiro de companhias com um salário de centenas de milhares de dólares.

A única fraqueza conhecida de Russell era sua paixão por um ex-companheiro de cela, homônimo da companhia de cigarros e que empresta seu nome ao filme. Phillip Morris é vivido no filme por Ewan McGregor.

O livro que biografa Steven Russell foi escrito por Steve McVicker, repórter criminal do jornal Houston Chronicle. Andrew Lazar e Far Shariat produzem o filme, que marca a estreia na direção de Glenn Ficarra e John Requa (roteiristas de Papai Noel às Avessas).

O longa estreia na França - onde já foi exibido no Festival de Cannes - no dia 9 de setembro. Nos Estados Unidos, onde quase ficou sem distribuição por conta do seu teor sexual explícito, ficou para fevereiro de 2010. No Brasil, estreia em 2 de abril, com o título Eu te Amo, Phillip Morris.



Fonte: Omelete ;) (BrunoZ)

quarta-feira, julho 08, 2009

Espanha Inaugura primeira igreja para Lésbicas e Gays


Homossexuais de diversas igrejas evangélicas anunciaram a criação da primeira comunidade cristã voltada para lésbicas e gays na Espanha.

O primeiro passo já foi dado e a inscrição na Direção Geral de Assuntos Religiosos do Ministério da Justiça da Espanha já foi protocolada, mas a Federação Espanhola de Igrejas Evangélicas não apóia. Segundo a organização, a igreja para lésbicas e gays primeiro tem que demonstrar que realiza atividades religiosas para depois verificar se o Ministério da Justiça da Espanha aprova o pedido.

Ainda segundo o diretor da BBC, Federação Espanhola de Igrejas evangélicas, mesmo que o pedido seja aceito a nova igreja não poderá usar o nome evangélico, sob ameaça de protesto com medidas legais, pois segundo ele, seria um uso indevido. Aí eu me pergunto, por quê? É esperar para ver.

Fonte: Parada Lésbica

-> Amén!

Produtora inglesa anuncia novo seriado sobre lésbicas


Novo seriado inglês sobre lésbicas.

A produtora inglesa Inner Sanctum encerrou na semana passada as filmagens do primeiro episódio de seu novo seriado, Far Out.

Segundo a diretora, Faye Hughes, a produção fala sobre o dia-a-dia de um grupo de lésbicas de Londres e procura mostrar como a vida de mulheres homossexuais realmente funciona. “Eu quero mostrar que nós temos relacionamentos válidos e reais, que nós podemos ser butches ou femmes ou qualquer coisa intermediária, que nós temos filhos, empregos sérios, famílias, ambições e aspirações. Nós podemos dizer sinceramente que estamos contando nossa história, que este não é um grupo de homens sentados numa mesa produzindo uma série por dinheiro”, diz Hughes.

O seriado será transmitido online, e o episódio piloto irá ao ar em setembro. Mais informações podem ser obtidas no site oficial da série, www.farouttv.co.uk.

Fonte: Parada Lésbica.

-> Que venha!

terça-feira, julho 07, 2009

Chega!


Hoje passei o dia pensando em algo realmente interessante pra postar no blog, sendo gay ou não. Então tive a estupida idéia de ligar a Tv e ver os últimos acontecimentos no nosso globo terrestre, e adivinha o que eu achei?! hãm? hãm?
Michael Jackson (CLARO!), em todos os canais, em todo so lugares.
E hoje FINALMENTE, enterraram o cantos.
Com direito a show no estadio do Lakers, um bando de artista cantando We are the world e toda aquela falsidade de gente que viro fã de um dia p/ outro.
Como ai na imagem, muita gente viro fãnumeroum do Michael da noite p/ dia. Pergunta pra qualquer um sobre a historia do rei do pop... todooo mundo ta sabendo da vida do homem!
enfim,
eu to realmente cansada de falar sobre Michael Jackson e a porra da sua morte (Desculpe a grosseria!), mas deixem ele em paz e chega de tanta homenagem, não agüento mais ouvir Trillher!
Ele era uma lenda, ainda é... mas uma hora ele tinha que morrer, como qualquer ser humano (sim, ele era humano, e nao vai voltar da terra do nunca!)
Chega!
Vamos mudar de assunto e voltamos nessa palhaçada toda quando a Madonna morrer.
Que se o Michael agora viro santo depois de morto, a Madonna vai virar virgem!

segunda-feira, julho 06, 2009

Kristen Stewart protagonizará cenas lésbicas em filme


Kristen Stewart protagonizará cenas quentes no filme “The Runaways”.

A atriz californiana, Kristen Stewart, será a Joan Jett no filme que irá contar a história da banda The Runaways, banda na qual Joan Jett era integrante.

Kristen Stewart que ficou conhecida pelo seu trabalho mais recente no filme Crepúsculo, no qual viveu a Isabella Swan, agora pode ser encontrada com as madeixas pretas e bem cortadas ao estilo de Joan Jett.

O filme que tem previsão de chegar às telonas em meados de 2010, contará com cenas lésbicas entre a jovem Joan Jett (Kristen Stewart) e a companheira de sua banda, interpretada por Dakota Fanning.

“Em uma cena, as garotas compartilham um beijo bem intenso, e suas roupas acabam espalhadas pelo chão do quarto de hotel”, a revista Life & Style fala sobre o par. “Dakota é muito controlada e elegante. Ela vai ter que se soltar nessa cena, porque será bem pesada”.

Atualmente as duas se encontram em Los Angeles gravando o filme.

Fonte: Parada Lésbica.

abcLes


Agora as bolachas literárias tem um espaço pra publicarem seus textos, debaretem e se conhecerem.

O abcLES, parceiro do Parada Lésbica, é um projeto de literatura lésbica idealizado pela escritora Danieli Hautequest e que e reúne diversos contos, poesias, prosas, fan-fics e várias outras obras de literatura lésbica de conteúdo grátis e de altíssima qualidade.

O site ficou fora de ar por alguns dias para ser remodelado e agora voltou super bacana e de novo visual. A navegação ficou mais fácil, o visual mais lindo e o melhor: estreou um fórum novo. Ele ainda está na versão beta no quesito de layout, segundo as próprias responsáveis pelo site, mas aos poucos será moldado para seguir o padrão de qualidade já conhecido pelas freqüentadoras do abcLES e que se é esperado de um parceiro do Parada Lésbica.

Outra coisa legal é que existe uma amostra dos dez tópicos recentes no menu do próprio site para facilitar suas usuárias a ficarem por dentro do que está rolando no fórum. Por questões de moderação, precisa-se de um pequeno cadastro para postar mensagens no fórum, mas é rapidinho e nada complicado.

Confira o novo visual do abcLes e se inscreva agora no fórum.

abcLes:
ttp://www.abcles.com.br/

Forum:
http://www.abcles.com.br/forum/

Orgasmo, um modo de vida.

Chego a seguinte conclusão que hoje, a nossa vida não passa de um orgasmo!
Não é de qualquer tipo de orgasmo, mas sim o mais intenso, empolgante, o mais prolongado.
Ele vem "como quem não quer nada" no caso, aparecendo do nada, igual as pessoas em nossa vida.
Ele te empolga, enlouquece de um jeito que por mais que você queira, não há escapatória, isso são as paixões das mais ardentes. E isso tudo vem de uma certa forma que você não consegue controlar, e de repente...
CAAABUUUM!
Explode de um jeito que avassala tudo que vê pela frente como um trem desgovernado, isso sim é um grande amor.
Depois, a sensação de nostalgia que é como você estar naqueles momentos felizes onde tudo é perfeito, que não lhe falta nada.
Logo passando tudo isso, vem a garganta e os lábios secos, que são como as desilusões, decepções, sabe aquela sensação ruim que o mais rápido o possível você quer ter algo pra fazer ela passar.
Aí vem a última parte: a sensação de fome. Não é qualquer sensação de fome, que o seu paladar mais do que nunca anseia por uma coisa gostosa, que lhe satisfaça, isso sim e no caso queremos achar algo que nos faça felizes, e é nesse ponto, que começa tudo outra vez.
Por isso que eu digo: a vida é um orgasmo.

By: Nany Olegário.

-> So a Nany pra escrever essas coisas mesmo... huahuaaua' mas ficou muito bom, tive que postar! ;)
então se a vida é um orgasmo o gemido é o que? aquele amigo companheiro, que ta sempre te ajudando, te fazendo desabafar? e que no final te deixa uma sensação de alivio? é isso?
HUAHAUAUHUH

sábado, julho 04, 2009

Maturidade?

Maturidade segundo Bruna do " Mãe, eu sou lésbica" : [1] parte.

Ah....a maturidade... ( imaginando aquelas propagandas de televisão com velhinhos lindinhos dançando aquele arrasta pé nos bailes da ‘melhor idade’ ).
Quer coisa mais ‘tchan’ que uma mulher madura?
Aquele poder, aquele charme, aquela pegada...o toque, o perfume, o beijo, a mordidinha no cangote, a chu...quer dizer... a ... a... o... voltando ao assunto...
Todas nós, chegamos aquela fase da vida que sair na sexta a noite e só chegar no sábado de manha em casa já não é mais prioridade.
Ficar horas no telefone falando mal daquele sapatão dos infernos ( porque nossa ‘inimiga’ é sapatão, nós somos lésbicas..) já não tem mais graça.
Dançar horas na balada feito uma batedeira ligada no 220? Já não temos pique nem vontade pra isso...
Afinal? O que nos resta quando entramos para a ‘ maturidade’ ?
( Já que tenho uma riquíssima fonte perto de mim, vou utilizá-la = Minha queridíssima esposa )
Bem, de acordo com ela, o que uma mulher madura gosta de fazer é = ficar em casa, curtindo a mulher, vendo televisão (documentário do falecido Michael Jackson ). Ok, ela não serve para a postagem de hoje. Vou ter que pesquisar no Google mesmo...

...
...
...

Curioso...achei tudo sobre sex shop no bendito site, mas nada sobre o que uma mulher madura gosta de fazer na ‘melhor idade’. Então vou usar a melhor ferramenta que tenho: minha mente !


...
...
...


Ok ok... acho que algo só sai quando eu chegar na tal fase...

Mas o que as celebridades diriam sobre a maturidade?

Dercy Gonçalves :
Essa po&¨% de maturidade é uma mer%$# que inventaram pra te vender mais produtos do cara@#$ que não funcionam nem fuden¨&*$.

Gretchen:

Maturidade é chegar com corpinho de 20 aos 50 e fazer filme pornô com a sobrinha.

Tammy Gretchen:
Maturidade é ótimo. Panela ( mulher ) velha é que faz comida boa.


Ivetinha:

Maturidade é massa meu rei.


Cláudia Leitte:

Meu filho não vai chegar nessa tal Maturidade. Ele vai ser bem criado, graças a Deus.


Xuxa:
Chegar à maturidade é ótimo. Todos esquecem dos podres da juventude ( Amor estranho Amor ).


Eliana:Polegares, polegares...aqui estão...


Big Sisters:Beijo Bial.


Mara Maravilha:A senhora Maturidade está convertida pra Jesus!!! Glória Amém!

Padre Quevedo:Maturidade non existe.


Tammy Gretchen – parte 2:

Eu disse panela velha? Na verdade o ditado é:Não interessa se ela é careca, o meu negócio é pegar na perereca...

Afinal, ser madura é ...


Continua ( hehe )

-> HAHAHAHHAHAHA, achei ótimo! E se querem saber minha opinião sobre maturidade, cada uma amadurece de um jeito e no seu tempo! Não precisa ter 40 anos pra ser madura...
Maturidade tem mais a ver com os tipos de experiências que se teve, e o que você aprendeu com elas, do que com quantos aniversários você celebrou.
Vai de cada sapatinha, absorver suas experiencias e aprender com elas, ou simplesmente deixa-las passar! ;)

sexta-feira, julho 03, 2009

Keep Moonwalking...


AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAuuuuuuuuu!

um pouco de etiqueta, é bom!


Glória Kalil escreve Etiqueta para o Mundo Gay cheio de precisosas sugestões para nós

A consultora de moda Glória Kalil, que responde pelo site Chic e mantém um quadro de sucesso sobre etiqueta no Fantástico, publicou um editorial intitulado "Etiqueta para o Mundo Gay". São respostas a perguntas enviadas por internautas a respeito de como se relacionar com a diversidade sexual de forma cordial, correta e, em especial, elegante. As respostas são ótimas.

Como agir com uma pessoa que não assume a sexualidade gay? Finjo que não sei?
Se a pessoa não assumiu é porque não pode, não soube, não quis, não se sentiu à vontade; por isso, segure a onda até que ela libere a informação.

Cena: numa festa, há um casal gay se beijando. Fica chato pedir para que eles sejam mais discretos?
Se eles estiverem se beijando sem grandes arroubos e o ambiente da festa for adulto, deixe os pombinhos em paz. Agora, se eles estiverem se atracando de modo inconveniente, pode pedir para que eles maneirem, do mesmo modo que faria com um casal hétero. Arroubos amorosos devem acontecer entre quatro paredes, na intimidade e sem testemunhas oculares.

Ao perceber que uma amiga "desavisada" está namorando um gay, devo avisar?
Nem pense nisso. Fique sossegada que logo, logo ela vai perceber que tem alguma coisa esquisita nesse namoro. Não vá você pagar esse mico. E tem mais: de repente, pode até dar certo. Tem tanto mistério nesse mundo...

Minha família é muito conservadora. Como convidar o namorado do meu irmão para uma festa familiar?
Vá sondando o terreno. Vá checando as posições dos avós, tios e primos sobre o mundo homossexual antes de jogar um namoradão desses no meio deles. Pode ser um desastre que vai machucar a família e os sentimentos do rapaz. Se a família for muito contra a ideia, não leve. Dê tempo para que eles se acostumem com o fato. Deixe para a próxima. Ou o próximo.

Como me dirigir a um transsexual: ele ou ela?
Chame pelo gênero que a aparência indicar. Ele ou ela lutaram tanto para merecê-la!

Como faço para pedir uma cama de casal num hotel?
Pedindo. Você tem todo direito, como hóspede pagante, de escolher as comodidades que preferir. Faça o pedido com toda a naturalidade.

Sou mulher e tenho uma namorada que minha família insiste em fingir que é apenas uma amiga. O que eu faço quando chego com ela a uma festa de família e me perguntam quando eu vou me casar (com um homem)?
Se você não foi clara com seus familiares, vão preferir ficar fingindo que não sabem, ou ficar na provocação. A solução é abrir o jogo ou então aguentar o tranco. Você é quem sabe o que é mais chato ou mais difícil para você e para ela.

Numa entrevista de emprego, devo assumir minha homossexualidade?
Porque deveria? Ninguém tem nada com isso, ora essa.

Fonte: Mix Brasil
-> Somoschiques,bgs ;)

Boa nova!


Em uma inicitiativa que deve ser comemorada, o Supremo Tribunal Federal recebeu nesta quinta, 03, uma ação ajuizada pela Procuradoria-Geral da República solicitando que uniões entre pessoas do mesmo sexo sejam reconhecidas em todo o País. Na visão da PGR, casais homossexuais devem ter os mesmo direitos e deveres já garantidos aos héteros em relação estável.

Em sua apresentação, o texto afirma que a união gay é "uma realidade fática e inegável, no mundo e no Brasil". A autora da ação é a procuradora-geral Deborah Duprat, para quem o tema não precisa de lei específica, mas de uma interpretação correta da Constituição. A procuradora fez uso da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental, ferramenta destinada a hegemonizar decisões sobre um direito fundamental que vem sendo interpretado de maneiras diferentes.

"O que pedimos aos ministros é que seja feita para as uniões entre pessoas do mesmo sexo a analogia com a união estável entre homem e mulher", afirmou Deborah Duprat de acordo com a Agência Estado.

Caso a ação seja julgada procedente, homossexuais em relação estável terão direito, por exemplo, à herança e pensão alimentícia em caso de morte do companheiro.

Fonte: Mix Brasil!

quarta-feira, julho 01, 2009

Caixa Econômica amplia benefícios a seus funcionários homossexuais


No ultimo dia 19 (junho) a Caixa Econômica Federal anunciou a concessão de até 180 dias de licença-adoção para seus funcionários do sexo masculino solteiros ou que estejam em uma relação homoafetiva e decidam adotar uma criança. A licença já era concebida desde abril, mas valia por apenas 30 dias, agora os dias de licença foram equiparados ao das mulheres.

Como infelizmente o país não conta com uma lei que preveja a adoção com pais do mesmo sexo, o benefício apenas vale para aquele que registrar a criança.

A Caixa vem realizando muito bem o seu papel social ao adotar uma política que valorize a diversidade. Desde 2006 funcionários homossexuais podem incluir parceiros e filhos no plano de saúde corporativo e plano de previdência privada. Já se cadastraram no Programa de Previdência Privada cerca de 154 empregados. E 228 inscreveram seus companheiros do mesmo sexo no plano de saúde. A CEF também patrocina a Parada do Orgulho LGBT de São Paulo.

Segundo o vice-presidente de Gestão de Pessoas da Caixa, Édilo Ricardo Valadares: “Isso não só consolida cada vez mais a imagem de empresa socialmente
responsável entre o nosso público interno e externo, como também visa ao
bem-estar e desenvolvimento equilibrado da sociedade brasileira”.

Fonte: Parada Lésbica.

-> Vem pra caixa vc também, Veeemmm o/

Após anos no armário, mutantes da Marvel revelam homossexualidade

Leitores mais atentos já suspeitavam há mais de 10 anos, mas só tiveram a confirmação na semana passada: Rictor e Shatterstar, ex-colegas da equipe X-Force, atualmente aparecendo na série X-Factor, são homossexuais.

Na página final de X-Factor #45, lançada na semana passada, Shatterstar - após anos sem dar as caras nas HQs da Marvel Comics - é tirado de um transe por Rictor e Guido. Quando ele lembra-se quem era, Rictor lhe diz: "Sim, sou eu, cara. Está tudo bem. Não interessa o que aconteceu. Vai ficar tudo bem". Os dois então se abraçam e se beijam.

Shatterstar - criado na série New Mutants, em 1991 - e Rictor - surgido na X-Factor original, em 1987 - levantavam suspeitas dos fãs desde suas aventuras conjuntas na série X-Force. Os dois atuavam sempre juntos, diziam sentir saudades um do outro e deixaram a equipe ao mesmo tempo para mudar-se, por um período, para o México para salvar a família de Rictor.

O escritor Peter David, de X-Factor, vinha dizendo em entrevistas que brincaria com a suspeita homossexualidade de Rictor. A cena da edição 45 põe fim à especulação.

Vale lembrar que Estrela Polar, personagem mutante da equipe Tropa Alfa, foi o primeiro super-herói dos quadrinhos que se declarou homossexual, no início da década de 90.

Fonte: Bruno Z (mybrother), Omelete

-> Pra quem é fã de Quadrinho e guêi! o/

terça-feira, junho 30, 2009

Um pouco mais de drama...

drama, drama, drama, é o que não falta pra mim!
As vezes fico pensando, parece que faço drama pra tudo, que talvez eu seja realmente uma dramática exagerada.!
So que existem certas coisas que me deixam (realmente) muito triste, chateada as vezes furiosa...
As vezes um gesto, uma palavra atravessada, a chave que se perde, a louça pra lavar, a falta de trabalho, a falta do que fazer...
entre milhões de coisas, que de uma hora pra outra mudam totalmente o meu humor!
Eu não sei,
talvez seja só drama... ou não!
talvez esteja so sofrendo os efeitos colaterais e tudo ta meio fora de controle.
Então, peço desculpas aqueles que magoei, aqueles que xinguei e fiz algum mal, me desculpem.
Pode ser apenas drama, ai vocês não precisam me perdoar. Ou seja algo incontrolável, que faça perder a paciência rapidamente, e descontando naqueles em minha volta!
Mas qualquer que seja o motivo disso tudo, eu sou culpada e sinto muito.
Sou orgulhosa de pedir desculpas, as vezes esnobe pra não ter que perder a cabeça.
Sou como vc, cheia de defeitos, e de muitos dramas e frescuras pra superar!
Peço desculpa de ser, talvez, uma dramática exagerada.

Já que a gente toco no assunto...


Já que falamos sobre o filme do T.A.T.U. é melhor comentar de uma vez.
Confesso que não gosto da banda, pq quem usa " eu sou lésbica" pra ganhar ibope é gente com falta de talento!
Enfim, não to postando pra criticar a banda russa nos-beijamos-no-palco, mas sim pra falar do filme ridículo delas, que basicamente é aquela historia água com açúcar lésbica.
O titulo é " procurando por T.A.T.U", um filme onde mostra duas colegiais sexy com roupas sumárias se beijando (não, não é um filme porno). O roteiro envolveria duas meninas, uma americana e uma russa, vindas de lares problemáticos que quando se conhecem formam uma linda amizade e fogem de casa para acompanhar a turnê da “banda”.

Yeah, Yeah, queridas sapinhas... fiquem no aguardo de muitos beejos no palco!

Mischa Barton adora interpretar lésbica


Atriz acha tenso contracenar com homens em cenas de beijo

A atriz Mischa Barton já fez personagens bissexuais e homossexuais algumas vezes em sua carreira. O mais recente é no filme “You and I” sobre a banda russa t.A.T.u.
Barton não esteve na premiere do filme em Cannes, mas em recente entrevista comentou: “Eu fiz um filme sobre t.A.T.u, a banda de meninas russas, e foi bem interessante. Toda a indústria musical corrupta russa formou essa banda lésbica falsa. É uma história estranha, mas facinante.”

A atriz não sabe o porquê de sempre oferecerem papéis de lésbicas a ela, mas quando se trata de beijar em cena, ela prefere as meninas: “É tão mais fácil beijar uma garota. Você fica muito mais relaxada durante as filmagens do que com um homem. Você pode relaxar e sorrir, quando é um homem que você tem que beijar fica tudo meio tenso.”

Assista ao trailer de “You and I” clicando aqui.

Fonte: Dykerama.

sábado, junho 27, 2009

DEMOROOO!

Avenida Paulista não é apropriada para Parada Gay, diz comandante da PM paulista

O comando da Polícia Militar de São Paulo esteve reunido nesta terça, 23, com organizadores da Parada Gay da cidade para discutir o futuro do evento. Na visão do coronel Álvaro Camilo, comandante-geral da PM, a Avenida Paulista não é o lugar mais apropriado para a realização da Parada. Reunido com representantes da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOGLBT), Camilo afirmou que fechar a Paulista sem o planejamento adequado pode gerar muitos transtornos para a cidade.

"A Avenida Paulista não é o local ideal para grandes eventos. Existem na região cerca de 20 hospitais e 240 linhas de ônibus passam por ali. Se você fecha a Paulista sem planejamento a cidade para", disse o coronel, afirmando que a decisão sobre uma possível mudança no local da Parada ainda depende de debates com a Prefeitura e outros órgãos competentes.

Para Alexandre Santos, presidente da APOGLBT, seria uma pena se a Parada tivesse que sair da Paulista. "Já foi comprovado que a manifestação é pacífica", disse Xande, apesar das confusões registradas na edição 2009 e que resultaram em um morto e mais de 50 feridos.


Fonte: Mix Brasil

-> Finalmente alguém "reparou" que não ta dando, neah? Ve se alguém toma vergonha na cara e faz alguma coisa mais decente ano que vem. Fikdik ;)

sexta-feira, junho 26, 2009

Depois da desgraça, vem a piada.

Piadas que eu li:
"Vamos fazer um Moonwalk no mundo inteiro para fazer a Terra voltar no tempo"
"Ele foi pra Terra do Nunca"
"Tá se preparando pra dançar Thriller."
"Cuidado Menino Jesus!"

Mas ai eu to começando a pensar que o fim do mundo está próximo, veja as evidencias:
Clodovil, Dercy Gonçalvez e Michael Jackson morreram;
A Globo ta perdendo audiência pra Rede Record. Gugu e outros famosos estão indo pra lá.
A Globo perdeu os direitos pra Record de transimitir as Olimpíadas.
Vi a primeira notícia de um anão morrer na TV.

Se isso não são indícios do fim do mundo, no mínimo é presságio de uma catástrofe que está por vir.


Fonte: T.O.S.C.O.

-> hhahahahahah, ahhh foi engraçado, vaiii!

morre Michael Jackson.

Nessa quinta feira perdemos um grande artista e icone do mundo pop, Michael Jackson com seus 50 anos e 45 de carreira sofreu uma parada cardíaca em sua casa, na vizinhança de Holmby Hills, Los Angeles, CA, Estados Unidos. Os serviços de emergência médica socorreram o cantor em sua casa, na tentativa de reanimá-lo. Porém, como Jackson se encontrava em estado de coma profundo, ele foi levado às pressas para o hospital universitário da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA). Desde sua internação, rumores haviam se espalhado pela imprensa confirmando seu falecimento. Às 14h06min (horário local) de 25 de junho de 2009, o site Los Angeles Times tornou-se um dos primeiros a divulgar a morte do astro. Seu falecimento teve uma repercussão internacional instantânea, sendo motivo de preocupação por parte dos fãs em muitas partes do mundo. Defronte ao hospital da UCLA, muitos fãs do cantor cercaram o prédio à procura de informações sobre a suposta 'morte' de Jackson. Porém, pouco tempo depois da internação de Jackson, sua morte foi confirmada às 14h26min (horário local) do mesmo dia.

Michael Joseph Jackson foi um cantor, compositor, ator, publicitário, escritor, produtor, diretor, dançarino, instrumentista e empresário estadunidense.


Começou a cantar e a dançar aos cinco anos de idade, iniciando-se na carreira profissional aos onze anos como vocalista dos Jackson 5; começou logo depois uma carreira solo em 1971, permanecendo como membro do grupo. Apelidado nos anos seguintes de "King of Pop" ("Rei da música Popular"), cinco de seus álbuns de estúdio se tornaram os mais vendidos mundialmente de todos os tempos: Off the Wall (1979), Thriller (1982), Bad (1987), Dangerous (1991) e HIStory: Past, Present and Future – Book I(1995). Lançou-se em carreira solo no início da década de 1970, ainda pela Motown, gravadora responsável pelo sucesso do grupo formado por ele e os irmãos. Em idade adulta, gravou o álbum mais vendido da história, Thriller.

No início dos anos 1980, tornou-se uma figura dominante na música rock e música popular e o primeiro cantor afro-americano a receber exibição constante na MTV. A popularidade de seus vídeos musicais transmitidos pela MTV, como "Beat It", "Billie Jean" e "Thriller" são creditados como a causa da transformação do vídeo musical em forma de promoção musical e também de ter tornado o então novo canal famoso. Vídeos como "Black or White" e "Scream" mantiveram a alta rotatividade dos vídeos de Jackson durante a década de 1990. Foi o criador de um estilo totalmente novo de dança, utilizando especialmente os pés. Com suas performances no palco e clipes, Jackson popularizou uma série de complexas técnicas de dança, como o robot e o moonwalk. Seu estilo diferente e único de cantar, bem como a sonoridade de suas músicas influenciaram uma série de artistas nos ramos do hip hop, dance e R&B.

Jackson doou milhões de dólares durante toda sua carreira à causas beneficentes através da Dangerous World Tour, compactos voltados à caridade e manutenção de 39 centros de caridades. No entanto, outros aspectos da sua vida pessoal, como a mudança de sua aparência, principalmente a da cor de pele devido ao Vitiligo e geraram controvérsia significante a ponto de prejudicar sua imagem pública. Em 1993 foi acusado de abuso de crianças, mas a investigação foi arquivada devido a falta de provas e Jackson não foi a tribunal. Depois, casou-se e foi pai de três filhos, todos os quais geraram controvérsia do público. O cantor teve experiências com crises de saúde desde o início dos anos 90 e sofreu também comentários sobre sua situação financeira. Em 2005, Jackson foi julgado e absolvido das alegações de abuso infantil.

Um dos poucos artistas a entrarem duas vezes ao Rock And Roll Hall of Fame, seus outros prêmios incluem uma série de recordes certificados pelo Guinness World Records - um deles para Thriller como o álbum mundialmente mais vendido de todos os tempos - dezenove Grammys em carreira solo e seis Grammys com The Jacksons e 41 canções a chegar ao topo das paradas como cantor solo - e vendas que superam as 750 milhões de unidades mundialmente, sendo que alguns empresários da Sony já registram a incrível marca de mais de 1 bilhão. Sua vida, constantemente nos jornais, somada a sua carreira de muito sucesso como rock superstar fez dele parte da história da música rock e cultura popular por mais de quatro décadas. Nos últimos anos, foi citado como o homem mais conhecido mundialmente. MJ ganhou também o título de ARTISTA DO MILÊNIO.

-> Ele podia ter milhares de defeitos, mas era um artista como nunca se viu! Grande Michael o/

quinta-feira, junho 25, 2009

Chupa essa manga.

Quando eu acho que ja vi babaquice de mais nessa minha vida, eis que surge isso:

" Mirella Santos disse que vai investir na carreira musical quando sair d’A Fazenda. Ela já tem uma música gravada, com letra do Latino, que chama…

CHUPA ESSA MANGA.

Se você, aí, do conforto da sua cadeira, já se ofendeu somente com o título, então espera um poquinho. Chupa Essa Manga foi escrita em homenagem… AOS GAYS! Sim, Mirella e Latino expressaram todo o carinho latente pelo público gay com uma música que se chama CHU-PA-ES-SA-MAN-GA...."

Pega essa letra entao:

Ninguem vai me impedir de viver o meu viver
Eu não quero mais mentir
Pros meus desejos meu querer
Baby eu vou me libertar, com alguém que me faz
Quero me engatar de vez no teu céu
Namorar sem medo

Chupa essa manga, baby, afoga a caçamba baby, cobra com cobra tá querendo ah,ah
Chupa essa manga, baby, afoga a caçamba baby, aranha com a aranha tá querendo se pegar

Não me canso de balada gay
Me venero dançando pra mim
Desprovida de minha propria lei
O que tem pra hoje?
Baby eu vou me libertar, com alguém que me faz
Quero me engatar de vez no teu céu
Namorar sem medo


quer ouvir o batidão, clica aqui e chupa essa manga!

Fonte: Te dou um dado.

Esse é o funk da Biscate Caminhããão...

Pá, essa é pra voce. HAUAHHAUHAHUAHUAH



Funk da Biscate caminhão


Saio na rua e olho as meninas
Fecho os olhos e vejo as suas vaginas
Gosto de depilada, pelada ou peluda
Desde que você gema feito vagabunda
Não uso maquiagem, isso é coisa de bicha
Aliás, as bibas são todas minhas amigas
Me apresentam pra todas as suas conhecidas
Aos poucos vou pegando uma a uma da sua lista

Cabelo curto, camisa e bermuda
Andar sem ginga, puta barriguda
Pra fazer volume uma meia na calcinha
O pior de tudo é que nunca TO sozinha

Cássia Eller não era pário pra mim não
Esse é o funk da biscate caminhão
vange Leonel não é pário pra mim não
Esse é o funk da biscate caminhão

Gosto das loiras e das morenas
Gosto também de ruiva e japonesa
Patricinha, roqueira ou maconheira
Metida a inteligente ou tansa, tá beleza
O que importa é mesmo ser mulher
Já chego xavecando cê sabe como é
Se é hetero, não ligo vou passando a mão
Às vezes é mini lesbian atrás de diversão

Na balada te pago uma cerveja
Te elogio, te chamo de princesa
Mordo os lábio só pra ter certeza
Ai não resistiu, né? Vem aqui gostosa!

Ana Carolina não era pário pra mim não
Esse é o funk da biscate caminhão
Marlene Mattos não é pário pra mim não
Esse é o funk da biscate caminhão

-> Aii gente, assistam o video... HUAHHAUHUAHUHA, mtoo engraçado!

INFORME-SE

Saiba a quantas andam os movimentos em favor dos homossexuais no Brasil


Meio de ano, hora de dar uma revisada nesses seis meses que já se passaram e ver se o saldo ficou positivo ou negativo.

EUA - Obama amplia os benefícios para parceiros de empregados federais homossexuais; China promove sua primeira Parada Gay; Suécia aprova lei para casamentos homossexuais no civil e religioso; Dinamarca aprova adoção de crianças por casais gays.

Mas e no Brasil? O que tem sido feito por aqui para assegurar cada vez mais a igualdade?

Lançamento do Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos mat04ministroHumanos de LGBT

Talvez o mais importante dos acontecimentos desde ano no Brasil. Em 17 de maio o plano foi firmado entre representantes de 18 ministérios. Como principal objetivo, orientará a elaboração de políticas públicas de curto e médio prazo voltadas à inclusão social e combate às desigualdades.

As propostas que o plano trás são várias, todas com data de execução previstas entre 2009 e 2011. Dentre as mudanças podemos citar algumas:

Educação: O governo recomenda cursos de capacitação para evitar a homofobia nas escolas e pesquisas sobre comportamento de professores e alunos em relação ao tema e até 2011 o governo promete que sejam implantados nos livros didáticos a temática de famílias compostas por lésbicas, gays, travestis e transexuais.

Legislativo e judicial: Legalização do direito de adoção dos casais homossexuais; reconhecimento do(a) companheiro(a) do mesmo sexo de servidores militares como dependentes, igualmente aos heterossexuais; reconhecimento dos direitos civis de casais homossexuais.

Cultura: Inserção da temática LGBT nos meio de comunicação pública para promover a visibilidade dos direitos humanos e da cultura dos cidadãos LGBT com uma linguagem livre de qualquer discriminação;

Saúde: Acesso universal a técnicas de reprodução assistida a LGBTs em idade fértil; recomenda o fim da restrição imposta a população gay para doação de sangue e garante que companheiros do mesmo sexo sejam incluídos como dependentes em planos de saúde.

O governo brasileiro ainda promete apoio à causa nos fóruns internacionais, a iniciativas de defesa dos direitos humanos que denunciem as práticas de prisão, tortura ou pena de morte contra a população LGBT em vários países.

Link para ver o Plano Nacional de Promoção da Cidadania e Direitos Humanos de LGBT na íntegra: www.mj.gov.br/sedh/homofobia/planolgbt.pdf

ESPAÇOS CULTURAIS

OFF FLIP deste ano conta com participação de escritoras lésbicas.

Para quem na conhece o OFF FLIP é um evento literário realizado todo ano na cidade de Paraty que visa reunir novos e criativos escritores para discussões e debates com seus leitores.

A cada edição o evento vem ganhando destaque mais dentro e fora do Brasil. “Participar desse tipo de evento é importante para disseminar a certeza de que somos iguais, e tentar acabar com esse estereótipo marginal que é atribuído aos gays, lésbicas e bissexual.” Diz Karina Dias.

Em 2009, o OFF FLIP contará com a presença de Karina Dias, Mariana Cortez, Lúcia Facco e da editora Laura Bacella, responsáveis pela editora Malagueta, que publica livros voltados ao público lésbico. Ambas vão estar na 1ª Conversa Lésbica Literária de Paraty, realizada no dia 04 de julho (sábado). A reunião terá como pauta a conversa e debate sobre literatura abordando o tema “mulheres que amam mulheres”.

Peças gays estão na programação da Festa do Teatro de São Paulo

De 19 a 28 de junho realiza-se a Festa do Teatro, onde distribui-se de 32 mil ingressos gratuitamente a toda a população.

Entre as peças que abordam de alguma forma a homossexualidade estão “Agreste”, de Newton Moreno, “Tanto”, de João Fábio Cabral, “Honey”, de Shelagh Delaney, “Eu Te Amo por 48 Horas”, de Paulo Moraes, e comédias como “Coisa Boa pra Você”, “O Amante do Meu Marido”, “O Analista de Bagé e o Filho Gay” e ainda “Segunda Acontece”, que reúne algumas das drags mais famosas de São Paulo.

Filme nacional aborda como tema o incesto homossexual

Prometido para o segundo semestre deste ano, o filme vem abordando dois tabus da sociedade: o homossexualismo e o incesto. O filme, de título “Do Começo ao Fim” conta com a direção de Aluízio Abranches e também com grandes nomes como Julia Lemmertz e Fabio Assunção.

Prêmio LGBT 2009

Uma iniciativa do Ministério da Cultura que vem ocorrendo desde 2005 tem como objetivo destacar iniciativas culturais exemplares. Podem participar instituições privadas, sem fins lucrativos que tenham natureza cultural e sejam consolidadas na atuação com comunidades LGBT e que tenham, no mínimo, três anos de existência.

Esse ano, ao todo serão contempladas 54 entidades das cinco regiões do Brasil com prêmios no valor de R$ 23 mil cada. Os projetos inscritos deviam ter contribuído para o combate à homofobia, para o aumento da visibilidade do segmento LGBT e valorizado sua existência. Ainda não foi publicado o resultado visto que as inscrições encerravam-se dia 22 de junho. O dinheiro terá que ser todo utilizado para custear os gastos com os projetos.

Ótima iniciativa do ministério já que instituições como essas encontram certa resistência das iniciativas privadas quando a assunto é apoio ou incentivo financeiro para que estas instituições possam se manter e vir com cada vez mais projetos e melhores.

Casal lésbico registra gêmeos no nome de ambas

Em maio deste ano a Justiça de Porto Alegre garantiu que um casal de lésbicas pudesse registrar como filhos das duas os gêmeos nascidos por inseminação artificial há dois anos e gerados por uma delas.

Michele e Carla estão juntas a quase 11 anos. Em 2007, Carla deu à luz a um casal de gêmeos gerados por inseminação artificial. O casal não queria que as crianças fossem registradas só no nome de Carla e depois Michele entrasse com pedido de adoção, afinal as duas se sentem mães biológicas das crianças.

Com certeza um grande mérito constitucional Brasileiro e um grande passo para toda sociedade GLS em busca da igualdade. Meus parabéns ao juiz da 8ª Vara de Família de Porto Alegre, Cairo Madruga!

13ª PARADA DO ORGULHO GAY DE SÃO PAULO

Realizada dia 14 de junho, a Parada desse ano contou com 3,1 milhões de pessoas ao longo de seu trajeto iniciado na Avenida Paulista segundo dados da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOGLBT). Para efeito de comparação, a Primeira Parada do Orgulho Gay em Xangai, na China teve público estimado de 200 mil participantes.

Apesar de lamentáveis casos de violência registrados, (dentre eles a morte de um homem) foi constatada uma massiva diminuição nas ocorrências policiais com relação ao evento de 2008.

Foram registradas 89 (589 no ano passado) ocorrências, deste total, 75 foram de furtos. O tenente-coronel disse que a diminuição de casos se deu por conta dos pontos estratégicos que os policiais estavam localizados na Av. Paulista.

Ainda sobre a Parada podemos ressaltar aqui o crescente número de participações femininas, que cresceram 38% desde 2005, saltando de 34% para 47% do público.



Não podemos ignorar inúmeros casos de violência e preconceito, mas seria mais ignorância ainda fechar os olhos para as coisas positivas que vem acontecendo em prol do movimento.

Fonte: Parada Lésbica.

terça-feira, junho 23, 2009

Miro? Gay?

Eliminado depois de protagonizar a maior parte das brigas que rolaram até agora no reality show, o ator Theo Becker continua colocando lenha na fogueira. Em entrevista concedida ao programa "Hoje em Dia nesta segunda, 22, Theo insinou que Miro Moreira, seu colega de confinamento, é gay. Durante o papo, Theo assistiu à animação com que Miro reagiu à sua eliminação e com um tom debochado soltou pérolas do tipo: "Daqui a 3 meses você tem que fazer depilação a laser. Ai meu Deus, imagina os cabelinhos nascendo" e "Vai usar Victoria´s Secret, Miro. Vou comprar uma de morango pra você, ninguém aguenta mais o de pêra", disse referindo-se ao hidratante corporal que o modelo usa diariamente.

Theo Becker seguiu com o veneno dizendo que não trocaria de roupa na frente de Miro e que nunca andaria a cavalo com o modelo: "Brokeback Mountain comigo não", esbravejou o valentão.

Quando ainda estava no programa, Theo irritou os participantes ao trocar de roupa na frente de todos. Com um tom irônico, Miro disse que ver Theo sem roupa era uma cena que ele não queria perder.

-> Aiii gente, ele tava brincando... ! Não quer dizer que ele é biba. Mãããs vaiii saber... eu nao duvido de ninguem nessa vida! Ja ouvi muito boatos sobre o Miro, mas sei la... me surpreendo com cada coisa...

Há, eu já sabia...

Ricky Martin admite em entrevista que se relaciona tanto com homens quanto com mulheres


Finalmente! Pela primeira vez, o cantor Ricky Martin admitiu que se relaciona afetivamente com homens. O ex-Menudo de 37 anos deu uma entrevista à revista porto-riquenha TVAquí e afirmou que seu coração pode pertencer tanto a um homem quanto a uma mulher. Martin, que no fim de 2008 tornou-se pai de gêmeos graças a uma barriga de aluguel, nunca respondeu aos rumores segundo os quais seria gay e que rondam na mídia há anos.

Em 2007, quando o cantor mexicano Christian Chavez, do RBD, saiu do armário, Ricky Martin deu todo o apoio, mas não seguiu o exemplo: "A vida é curta demais para ser vivida dentro do armário. Christian tem que ser livre. Eu desejo que ele tenha muita força", disse Martin na época.

Mããããs como tudo que é bom, nao dura muito, o jornalista desmentiu a suposta afirmação de sua bissexualidade.
Muita gente adorou saber que o ex-Menudo seria bissexual, mas parece que a história não é bem assim, de acordo com o site norte-americano "Examiner".

O veículo entrou em contato com a jornalista Saudy Rivera, que entrevistou o cantor, e a moça deu a entender que a manchete da revista não passou de estratégia para vender mais exemplares. Segundo a repórter, Martin não se assumiu bissexual em nenhum momento da conversa. A repórter teria feito a seguinte pergunta: "A quem pertence o coração de Ricky Martin?". O artista teria respondido: "O coração de Ricky Martin...se pertence a um homem ou a uma mulher...bem, eu nunca falei sobre isso." E o assunto teria morrido aí.

Então tá, né?

Fonte: Mix Brasil.

-> ou entra ou sai do armario, Rick meu amor!! Ja que tocamos no assunto, assume de uma vez, meu querido... se joga, Bee!

Homofobia, basta! Justiça, já!

APOLGBT organiza manifestação contra atos de violência praticados na Parada do Orgulho LGBT em São Paulo.

Durante toda essa semana posterior a XIII Parada do Orgulho LGBT de São Paulo vimos na mídia notícias relacionadas a ataques à homossexuais durante a realização do evento. Podemos abrir um parêntese aqui para mencionar que, graças ao reforçado número de policiais, o evento deste ano teve uma diminuição acentuada no número de ocorrências policiais.

Um dos casos mais comentados refere-se ao homossexual Marcelo Barros, 35 anos, que foi encontrado por policiais na Rua Araújo por volta das 23:30 hrs, rua em que se encerrou a Parada, com traumatismo craniano. Após passar por uma cirurgia na ultima segunda feira (15/06), não resistiu e morreu.

Considerando a gravidade dos casos que resumem-se em atacar integrantes de uma comunidade que está lutando justamente pelo reconhecimento de seus direitos e contra atos discriminatórios, a Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo e a Coordenadoria de Assuntos de Diversidade Sexual estão convocando a comunidade LGBT para juntos neste sábado dia 20 de junho, a partir das 19h, na Rua Dr. Vieira de Carvalho, próximo ao Largo do Arouche em São Paulo para a manifestação “Homofobia, Basta! Justiça, já!”, contra tais ataques.

Em nota oficial a Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo esclarece que junto com um oficio encaminhado Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, o manifesto tem como objetivo clamar por rigor e afinco na apuração dos fatos e PUNIÇÃO dos autores de tais atos de violência.

Fugindo do jargão “porque é no Brasil”, devemos compreender que em todo mundo dependemos de manifestações para assim reivindicarmos nosso descontentamento com certas atitudes. Por isso, é de suma importância o comparecimento do maior número possível de pessoas para protestar em prol de uma melhor averiguação por parte dos órgãos competentes dos acontecidos durante e após a XIII Parada do Orgulho LGBT.

Vamos lá pessoal,

Citando Chico Buarque: “Todos juntos somos fortes, Somos flecha e somos arco, Todos nós no mesmo barco, Não há nada pra temer”.

o/


Fonte: Parada Lésbica.

Lésbica vence concurso ‘Next Top Model’


Nanna demonstrou orgulho em ser lésbica

A modelo lésbica ganhou a final do concurso de modelo do ”Next Top Model” Finlandês. Com isso levou como prêmio um contrato com a agência de modelos mais importante do país, a capa da revista Cosmopolitan da Finlândia e a fama de ”lésbica sim, com muito orgulho!”

A garota que aos seus 24 anos passou de skatista a modelo internacional, disse que nunca teve medo de falar sobre a sua orientação sexual. E foi exatamente isso que ela demonstrou durante o concurso. As participantes tinham que escrever alguma coisa sobre elas nos moletons para posar nas fotos, e enquanto a maioria das meninas escolheu palavras que tinha haver com seus sentimentos momentâneos, Nanna decidiu mostrar o orgulho que tem em ser lésbica, e sem medo de se expor, escreveu a palavra “homo”.

É sempre bom ver mulheres com abertura na mídia, colocando à mostra seu orgulho em ser lésbica, sem esconder, sem sequer temer reações adversas, somente pela atitude de ter sua identidade estampada no peito.

Parabéns a Nanna pela concurso, e por sua atitude!


Fonte: Parada Lesbica.